QUEM SOU EU

Minha foto

Sou MÃE, Psicóloga, Consultora de Treinamentos e Desenvolvimento, Terapeuta Corporal Holística, Massoterapeuta e Professora de Yoga. Trabalho com diversas Técnicas das Terapias Alternativas e complementares, dentre elas o Reiki, Calatonia, Reflexologia, Cromoterapia, Quick massage, Auriculoterapia, Massagem Ayurvédica, Massagem Indiana, Massagem para Idosos, Gestantes e Bebês, Técnicas de Relaxamento, Drenagem Linfática, bem como medidas de prevenção e cuidados com a pele do rosto, mãos e pés através de máscaras de limpeza e hidratantes naturais, sendo que todas são voltadas para a área da saúde, proporcionando bem estar e qualidade de vida. Esforço-me ao máximo para atingir ótimos resultados para a empresa e seus funcionários, bem como a melhoria continua da qualidade de vida e criação de um ambiente de trabalho estimulante e motivacional.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

TÉCNICAS LUDOPEDAGÓGICAS


Os jogos lúdicos ou a ludopedagogia treinam as habilidades específicas e sentidos sensoriais da criança, por meio de atividades agradáveis e prazerosas, e, sobretudo motivadoras. Até os doze anos de idade, a criança está em constante desenvolvimento e as atividades aprimoram os seus recursos, mas somente são eficientes se propostas de forma agradável, envolvente e motivadora.
Os jogos lúdicos visam um plano específico e são propostos em gradativos níveis de dificuldade, com coerente programa de sua efetiva aplicação. As brincadeiras ocasionais incoerentes com o desenvolvimento físico, emocional e psíquico da criança, não representam as técnicas ludopedagógicas, apenas momentos de prazer.
Seria interessante se, antes da criança iniciar aprendizagem de operações aritméticas, através de brincadeiras lúdicas, treinasse seu senso de raciocínio e sua capacidade de abstração. Jogar com a criança, a partir de práticas visuais e verbais antes de começar nas regras da Comunicação e Expressão, também ajudaria em seu aperfeiçoamento. Dessa forma, o aprendizado seria mais rápido e eficaz.
Os treinamentos para ouvir, aprimorar o tato, concentrar, expor com objetividade, raciocinar, e mais diversas habilidades, resultam ao sucesso do indivíduo e ao aprendizado significativo, podendo usá-las com maior êxito nas atividades onde essas habilidades são colocadas em conjunto.
A ludopedagogia visa justamente aprimorar essas habilidades específicas e se essa técnica fosse utilizada com maior freqüência, em qualquer lugar, seja em casa, na escola, na empresa, já que o local de aplicação é irrelevante, não haveria tantos problemas de aprendizado.
Há jogos para desenvolver a atenção e a concentração; a reeducação da atenção começa com a criação do hábito de selecionar idéias a perseguir, levando a uma concentração visual externa e interna, que estimulará a concentração dos órgãos dos sentidos. Os jogos que desenvolvem a sensibilidade tátil e a acuidade visual estimulam a imaginação e a espontaneidade, tendo uma força socializadora, libertando as emoções, desenvolvendo a auto-estima, o companheirismo e a cooperação. Além disso, existem jogos para desenvolver o paladar, a audição, a imaginação, a criatividade e a motricidade.
Os jogos lúdicos são aplicados por monitores, que não devem aparecer ou falar demais, para que não limite a atividade da criança nos jogos que estimulem a imaginação. A criança necessita de segurança, devendo o monitor aceita-la como é; deve ser destacada por sua participação e empenho, nunca por seu resultado. Os jogos, além de valorizarem a capacidade sensorial e a criatividade, contribuem para um aprimoramento motor.


Dani Prem